Refletindo um pouco...

Posted by Fellipe | Posted on 13:01

Antes de começar a colocar as idéias no lugar, quero agradecer aos comentários nas postagens anteriores... tanto sobre o blog, quanto aos textos e até sobre a playlist...rs...
É legal perceber outros pontos de vista ao ler os comentários...
Confesso que já usei alguns em reflexões e até para mudar o meu em alguns pontos...
Mas enfim...
De fato agradeço muito quem acompanha e comenta sobre meus textos...

Mudando um pouco de assunto...

Nos últimos dias andei percebendo como algumas pessoas deixam decisões mudarem sua personalidade...
Acho estranho saber que alguém possa mudar tanto em tão pouco tempo...
Existem aguns fatores que causam isso, mas não é sobre isso que vim refletir e nem acho necessário...
Eu falo no geral...
Acredito que alguém tomar uma decisão não implica em mudar uma personalidade... ou a maneira de ser...
Não to defendendo a idéia de uma pessoa morrer como nasceu, mas mudar tanto cria uma perda de identidade, não é?
Acredito que é possível tomar decisões importantes sem esquecer ou sem precisar deixar características, que trazem a identidade de cada um à tona, de lado...
É meu ponto de vista...
Existem vários fatores... motivos que fazem alguém mudar completamente, mas deixar de ser quem sempre foi... não é algo que concordo muito...

Comments (3)

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Tão poucos os pensamentos que conseguem se extrair em palavras. Saiba-se aqui a grande definição que se pode ter dentro da palavra "pensamentos" e por isso aqui aplicado o termo "poucos".

A loucura que pesa e afasta da paz, mas que traz a voracidade de mais loucura, conhecimento, visão, plenitude, desespero, caça, vazio. À paz se volta com medo do que a loucura traz.

Espero ser corajoso o suficiente pra ter medo.

Embora o medo seja maior em mim e eu vá, compassadamente, em busca do que em mim jaz sem qualquer fome de restabelecimento e... (não saiu mais nada e eu não vou procurar). Se a loucura é pela desorganização, que as palavras oriundas do que é loucura também o sejam, sem medo algum de dizer.

Este canto é seu, e eu falei tanto como se já fosse meu. Melhor me retirar.

Grande abraço! [Só o abraço reticente é possível pelo ambiente virtual.]

As pessoas podem mudar de uma hora para outra sim, de formas radicais até. Mas a essência, não muda, é algo que a gente carrega até a morte. O que me fez mudar foi me afastar um pouco das pessoas que me faziam mal e perceber que eu não preciso delas para viver, fiz novas amizades, encontrei o meu amor, vivo feliz agora, graças a isso. Não foram opiniões alheias que me fizeram mudar, ao contrário, a minha própria opinião que me mudou.

Abraços
http://belafeelings.blogspot.com.br/

Postar um comentário